A Casa Do Lamento 
Ouvindo um ruido e todas as velas apagamUm soluço longe escondido dentro da casa escuraColoco as mãos na parede e parecem estar molhadasEntão pego o esqueiro, quando acendo-o as parede eram vermelhasVermelhas de sangue e o soluço se tornava gargalhadaAos poucos o desespero me encontrava Sem conseguir me orientar tentei correr para a saidaMas não haviam mais portas nem janelas de saídaApenas desapareceramQuando derrepente aquele som de gargalhadas sessaE então vejo um volto vindo em minha direçãoEu corri e quando me dei por si a casa havia se modificadoEu estava em um calabouço apenas com a luz do esqueiroO vulto para em minha frente mais uma vezPois agora estava em uma sala sem saidaSentado no canto úmido vendo o ser vim em minha direçãoFechei os olhos e pensei ”Que seja apenas um sonho…”Derrepente eu estava deitado em minha camaParece que tudo volta ao normalLevantei olhei para os ladosTentei ascender as luzes e nada aconteciacomecei a andar pela casa quando cheguei na salahavia algo assustador no chaoparecia um portal para o infernopercebendo que não havia acordado aindae tendo certeza que era um sonhoentrei nesse portaleu parecia estar ficando sufocado e ao mesmo tempo dormindoeu apareci em um lugar vendo minha infancia com os olhos de alguemque nao podia ser visto por pessoasera uma criatura me observandoque olhar macabro de se observaralgo de estranho aconteceexiste uma criatura atraz de mimentao a cena mudaeu estou enforcado como se eu fosse mais velho que minha idadeeu desejo acordar novamenteentão eu estou no mesmo lugarsó que tem alguém deitado do meu ladoeu descubro e parece estar dormindoentao eu vejo se esta respirandoesta parado quando eu vou xegar perto apra ouvir o coração dessa mulhertodos os órgãos do corpo dela explodemeu nao sei mais oque fazerme sentei no chão e comecei a chorarsegundos depois comecei a ouvir passos gritos sussurros e como se varias criaturas estivesem vindo para me pegareu comecei a rezarquando abri os olhos havia tudo paradoestava claro e tinha alguém do meu ladoe me disse ”voce realmente acredita em deus?”então tudo estava voltando a virar o infernoenquanto tudo se transformava em trevasna minha mão esquerda aparece um a faca com a imagem de cristo morto e na outra uma imagem de um demono comendo a cabeça de um humanoeu pensei noque fazer com isso estava em um deserto com milhares de canibais vindo em minha direçãoolhei para as facas e segurei firme a faca da mao esquerda e finquei em meu coraçãoesperando que tudo akilo passa-semas sem sentir dor eu acordeiestava em cima de um corpo femininotodo ensanguentadoem choque sem saber oque fazer percebi que segurava algoolhei para ver oque eraa faca fincada do demônio fincada na cabeça de minha maee minha boca cheia de sangue…E oque eu ouvia era apenas uma gargalhada…
-Luiz Fernando Passos 

A Casa Do Lamento

Ouvindo um ruido e todas as velas apagam
Um soluço longe escondido dentro da casa escura
Coloco as mãos na parede e parecem estar molhadas
Então pego o esqueiro, quando acendo-o as parede eram vermelhas
Vermelhas de sangue e o soluço se tornava gargalhada
Aos poucos o desespero me encontrava 
Sem conseguir me orientar tentei correr para a saida
Mas não haviam mais portas nem janelas de saída
Apenas desapareceram
Quando derrepente aquele som de gargalhadas sessa
E então vejo um volto vindo em minha direção
Eu corri e quando me dei por si a casa havia se modificado
Eu estava em um calabouço apenas com a luz do esqueiro
O vulto para em minha frente mais uma vez
Pois agora estava em uma sala sem saida
Sentado no canto úmido vendo o ser vim em minha direção
Fechei os olhos e pensei ”Que seja apenas um sonho…”
Derrepente eu estava deitado em minha cama
Parece que tudo volta ao normal
Levantei olhei para os lados
Tentei ascender as luzes e nada acontecia
comecei a andar pela casa quando cheguei na sala
havia algo assustador no chao
parecia um portal para o inferno
percebendo que não havia acordado ainda
e tendo certeza que era um sonho
entrei nesse portal
eu parecia estar ficando sufocado e ao mesmo tempo dormindo
eu apareci em um lugar vendo minha infancia com os olhos de alguem
que nao podia ser visto por pessoas
era uma criatura me observando
que olhar macabro de se observar
algo de estranho acontece
existe uma criatura atraz de mim
entao a cena muda
eu estou enforcado como se eu fosse mais velho que minha idade
eu desejo acordar novamente
então eu estou no mesmo lugar
só que tem alguém deitado do meu lado
eu descubro e parece estar dormindo
entao eu vejo se esta respirando
esta parado quando eu vou xegar perto apra ouvir o coração dessa mulher
todos os órgãos do corpo dela explodem
eu nao sei mais oque fazer
me sentei no chão e comecei a chorar
segundos depois comecei a ouvir passos gritos sussurros e como se varias criaturas estivesem vindo para me pegar
eu comecei a rezar
quando abri os olhos havia tudo parado
estava claro e tinha alguém do meu lado
e me disse ”voce realmente acredita em deus?”
então tudo estava voltando a virar o inferno
enquanto tudo se transformava em trevas
na minha mão esquerda aparece um a faca com a imagem de cristo morto e na outra uma imagem de um demono comendo a cabeça de um humano
eu pensei noque fazer com isso 
estava em um deserto com milhares de canibais vindo em minha direção
olhei para as facas e segurei firme a faca da mao esquerda e finquei em meu coração
esperando que tudo akilo passa-se
mas sem sentir dor eu acordei
estava em cima de um corpo feminino
todo ensanguentado
em choque sem saber oque fazer percebi que segurava algo
olhei para ver oque era
a faca fincada do demônio fincada na cabeça de minha mae
e minha boca cheia de sangue…
E oque eu ouvia era apenas uma gargalhada…

-Luiz Fernando Passos 

  1. a-l-g-u-e-m--c-i-t-o-u reblogged this from adocevinganca
  2. an-tissocial reblogged this from adocevinganca
  3. horroratmidnight reblogged this from vocetemmedodoescuro
  4. vocetemmedodoescuro reblogged this from adocevinganca
  5. thequeensdeath reblogged this from adocevinganca
  6. baby-te-amo reblogged this from adocevinganca
  7. pesadelos-que-matam reblogged this from adocevinganca
  8. iwish-nutella reblogged this from adocevinganca
  9. intoeternaldarkness reblogged this from adocevinganca
  10. a-volta-ao-mundo reblogged this from adocevinganca
  11. p-oeta-fracassada reblogged this from adocevinganca
  12. lovebeso reblogged this from adocevinganca
  13. viviraawn reblogged this from adocevinganca
  14. adolescente-desconfigurada reblogged this from adocevinganca
  15. fears-dead reblogged this from adocevinganca
  16. dead-darkness reblogged this from adocevinganca
  17. dragon-slaying reblogged this from adocevinganca
  18. adocevinganca reblogged this from accurstjourney
  19. somewherefarforustofind reblogged this from adocevinganca
  20. apenas-um-skatistaa-apaixonado reblogged this from adocevinganca
  21. accurstjourney reblogged this from adocevinganca
  22. chuva-de-chocolatii reblogged this from adocevinganca
  23. a-little-assassin reblogged this from adocevinganca
  24. all-i-need-all-i-want reblogged this from adocevinganca
  25. garotadescolada7 reblogged this from adocevinganca